Biografia

 

 

BABY DO BRASIL - BIOGRAFIA


Bernadete Dinorah de Carvalho Cidade, nascida em 18 de julho de 1952, carioca de  Niterói, fugiu de casa ainda jovem e rumou para Bahia, para virar Baby. A nossa Baby!

Poderiamos resumir assim sua busca, sua vitória! Mas de Baby sempre temos algo a dizer,

começamos então lá, na saudosa Bahia...

E lá estava em Salvador, sempre pronta para o que desse e viesse, e lá estava também o show “BARRA 69”, a despedida de Caetano e Gil do Brasil. Foi à aproximação para o guitarrista que estava no palco, Pepeu Gomes que com 17 anos já era um excimio guitarrista! Se Baby se encatou com Gil no palco foi com Pepeu que ela roubou um beijo!

Com a falta de uma moradia para viver, Baby morou debaixo da ponte de Piatã.

Mas a vida de Baby mudou ao encontrar com o grupo musical formado por Moraes Moreira, Galvão e Paulinho Boca de Cantor. Que gostaram de seu estilo carismáticoi e já a encaminharam para ir ao show “O Desembarque dos Bichos Depois Do Dilúvio Universal”, no famoso Teatro Vila Velho. Baby na ocasião acabou sendo atriz na apresentação, e depois virou uma atriz apaixonada ao ver novamente Pepeu, foi a deixa para dalí selarem o ínicio de um namoro.

 


O caminho mudaria de novo com Pepeu tendo que ir ao Rio a pedido de Gal Gosta, e Baby voltando também. Logo depois Moraes, Paulinho e Galvão aparecem em cena no Rio, Baby se inturmou mais e mais com os novos amigos músicos, e Moraes com um violão na mão pergunta se Baby saberia cantar, ao ouvir Baby Moraes se espanta e vê ali uma Janis Joplin (que na época, Baby desconhecia), estava ali o ingrediente que faltava para o grupo.

Deixando de lado o nome Bernadete, por intervenção de Moraes que cantarolou "Baby Consuelo, sim. Por que não?", do filme "Meteorango Ki, Herói Intergalático", (do diretor André Luis Oliveira) Ela resolve adotar seu novo nome artístico BABY, que lembrava até mesmo as inciais do nome de Brigitte Bardot, de quem Baby era fã, a começar pelo seu igualmente bocão.

 

Longe das famílias, morando todos juntos num apartamento alugado ainda no Rio, foram para São Paulo com contrato feito, lançando primeiramente o compacto seguido depois do 1º disco do grupo É Ferro na Boneca!

E a vida se seguiu, com o grupo unido, morando todos juntos em Jacarepaguá no chamado sítio “Cantinho do Vovô”, ali vivam, jogavam bola e faziam músicas, influenciados por uma visita de João Gilberto se organizaram e em 1972 lançaram a peróla da MPB chamada “ACABOU CHORARE”. Seguiram-se com discos e grandes títulos. Se a ditadura queria prende-los, abolindo todo aquele movimento hippie de nada adiantava, a música, o país já era deles.

 

Passado 10 anos de vida, Moraes já chegará a deixar o grupo em 1974 e partir pra uma sólida e satisfatória carreira solo. Os outros novos Baianos seguraram as pontas até o desfecho da vida do grupo com “FAROL DA BARRA” de 1978. Ano que marcava também a estréia do primeiro disco solo de Baby.


 

Se era esse o fim do grupo, era também a chegada das carreiras solos de vários Novos Baianos, e assim, o ínicio de uma carreira emblemática de Baby!

 

Baby e Pepeu foram às nuvens do sucesso, a década de 80 no Brasil praticamente foi tomada pela dupla. Com os dois tendo o grandioso sucesso inicial nos seus primeiros discos solos, participando e gravando em 1980 um disco no famoso Festival de Montreux, participando de trilhas de novelas, indo grávida de seu 5º filho ao Rock In Rio em 1985, sendo barrada na Disneylândia pelos cabelos coloridos, passando pela fase mística e defendendo o “RA´” de Thomas Green Morton, vestindo roupas excêntricas, tendo parcerias musicais com A Turma do Balão Mágico, fazendo especiais infantis e ganhando o carinho de toda a criançada, não importava a onda, Baby estava sempre no foco!

 

Já com 6 filhos: Riroca (Que optou pra mudar o nome para Sarah Sheeva), Zabelê, Nãnashara, Pedro Baby, Krishna Baby e Kriptus-Rá. Enfrentaria agora a separação com Pepeu, após 18 anos de convívio. Cuidando dos filhinhos mais novos em casa, deixando para trás o palco e enfrentado novamente uma barra, Baby entraria para uma nova década, que já se iniciaria com a chegada de m novo amor, o guitarrista (sempre eles) e produtor chamado Nando Chagas.

 

Já nos anos 90 e com os eixos no lugar, Baby grava novamente e se lança aos palcos.

Em 1994 parte para a Espanha para fazer o caminho de Santiago de Compostela. Em 1995 sai o livro “PEREGRINA – MEU CAMINHO NO CAMINHO” onde Baby retratou toda a sua passagem.

E se tudo pedia por mudanças Baby já não era mais Baby Consuelo, Baby era agora Baby do Brasil! E após 8 anos juntos, Baby se separa de Nando Chagas.

Em 1997 se junta aos Novos Baianos para a realização do especial “INFINITO CIRCULAR”, sucesso absoluto de críticas.


 

A década de 90 foi regada a mais participações em trilhas de novelas, televisão e vários especiais. Saindo em 1997 mais um disco solo, flertando mais para o pop, o chamado “UM”.

 

Baby entraria a nova década com novas mudanças, virou evangélica da Igreja Interceluar Sara Nossa Terra, convertendo-se no ano 2000. Fundou o "Ministério do Espírito Santo de Deus em Nome de Jesus" e passou a denominar-se como  popstora.

Baby passou a se dedicar a cultos evangélicos, e matendo-se firme também libera sempre seu lado secular. Atendo a todos, é capaz de energizar todos com o gospel e do mesmo modo com Brasileirinho. Como nas apresentações clássica que fez com Ademilde Fonseca e Elza Soarez em 2010. Baby é a essência de alegria para todos seus fãs.

 

Baby foi a preira mulher a subir num trio elétrico no carnaval da Bahia ainda nos anos 70, foi de Janis Joplin a Elza Soarez, de Jimi Hendrix a Waldir de Azevedo, do jazz ao samba, da bossa nova ao rock, foi cósmica, foi telúrica, convertida, invertida!

Misturou em seu caldeirão todas as possíveis influências musicais, tranformando-os em canjas altamentes brasileiras.

 

Sendo Consuelo ou sendo do Brasil,                                                        

Sempre será nossa única BABY!

 

Carismática, engraçada, louca e divertida!

 

 

 DENATELLO

 

 

 

babydobrasil.webnode.com.br - O MAIOR SITE SOBRE BABY!

Comente:

Data: 12/02/2016

De: Albertus

Assunto: sobre a msg

Se a Admin não compreender a mensagem anterior, é suficiente mostrá-la a Baby, que ela entenderá.

Data: 13/12/2015

De: Manuel

Assunto: Homenagem

Acho Baby fantástica! Tem uma voz muito bacana, ótima desenvoltura no palco, charmosa, engraçada,enfim, "Baby é muito boa de ver"! Sou seu grande fã! Fiquei extremante feliz com sua volta aos palcos. Valeu Baby! Te amo muito!

Data: 01/11/2015

De: Maria Souza

Assunto: Baby

Sempre fui fã da Baby, desde quando era Baby Consuelo. Muita luz para você querida. Beijos.

Data: 23/09/2015

De: Gerson Tomaz - Fortaleza

Assunto: Reencontro

Vocês sabem mais que nós, que este não foi um reencontro musical, foi um reencontro espiritual entre pessoas que se amam, Pais e Filhos obrigado pelo Exemplo, obrigado pelo Talento, obrigado por compartilhar este momento com nós Filhos, Pais, Netos, enfim fãs, agradecimento especial a Pedro contribuiu com seu AMOR para este momento acontecer.

Data: 21/09/2015

De: Jussara

Assunto: Rock in Rio em família!

Olá! Não se vcs vão ler esse comentário algum dia, mas mesmo assim deixo aqui registrada toda a minha alegria! Estava no Rock in Rio no dia 20/09 e compartilhei com todos lá a ótima energia q pairava no show. Tudo muito lindo! Dançante! Animado! Pra mim foi uma emoção enorme ver vcs juntos! Lindo reencontro! Uma reunião de talentos! Ótimo show! Imagino a emoção de tocar ao lado do filho de vcs! Foi um presente para quem compareceu! Obrigada!!!

Data: 21/09/2015

De: Mary Faria

Assunto: Encontro da família!

Gostaria muito de ter ido ao rock rio. Mas não foi possível. O show foi lindo demais. Ver vocês dois juntos foi para mim uma alegria enorme. vocês foram considerados o casal 20 do rock brasileiro. quando se separaram foi muito triste para nós que curtíamos vocês.Creio que você e Pepeu não sabem. Mas foram os primeiros casai exemplos de amor e carinho e pais. E isso é Deus na vida de ambos. Tanto que esse reencontro existiu pela permanência dele Deus. Beijos Mary Faria

Data: 20/09/2015

De: Lourdes

Assunto: Rock in rio 30 anos

Showzaco, baby e pepeu foi demais

Data: 20/09/2015

De: suzele. Cutrilm

Assunto: Rock in Rio

Assistido a força e perfeiçäo de Baby pela tv no Rock in Rio. Imaginando o sentimento de quem tá lá, AO VIVO

Data: 20/09/2015

De: Pedro e Luci

Assunto: Rock in Rio

Lindo seu show em família. Paz e luz! Arranjos belíssimos, Pedro arrasando, Pepeu tocando maravilhosamente como sempre, sua voz afinadissima. Que maravilha.

Data: 20/09/2015

De: Malvina

Assunto: Rock in Rio 2015

Linda, maravilhosa e poderosa, assim como Pepeu Gomes e Pedro Baby, emocionante (chorei mesmo de emoção), impecáveis!!! Amei o show!!!!

<< 1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Novo comentário